Atual

Alcobaça. Casa Mortuária assaltada e cadáver profanado

14468516_1790211221201813_2338538673512400950_o

A Casa Mortuária de Alcobaça foi assaltada esta madrugada, dia 6 de abril, e o cadáver, de uma mulher de 88 anos, natural de Valado dos Frades, terá sido profanado. Segundo disse a’O ALCOA o comissário Bruno Soares, da PSP de Leira, “a entrada no edifício terá ocorrido por arrombamento da porta, durante a madrugada, e face a indícios o corpo terá sido mexido”. O comissário adiantou ainda que a autoridade judiciária de Alcobaça se encontra no local, bem como elementos da polícia técnica, aguardando ainda a deslocação de um perito de medicina legal ao local. O funeral marcado para o final desta manhã foi adiado. Segundo Bruno Soares, “a libertação do cadáver para as cerimónias fúnebres irá depender da realização da peritagem”.

Comentários (1)

  • Mário Mesquita - 6 de Abril de 2018, 16:15

    Como neto da falecida, o que eu posso dizer é que não há justificação possível ao atentado à moralidade, à falta de educação, falta de respeito face aos valores da sociedade em que todos nós vivemos… Aos animais, autores dos actos, também não há perdão, nem demência que os salve ou que justifique tais actos… A falta de respeito e a imoralidade de alguns, não pode continuar a moldar a vida dos restantes…

Outras notícias em Atual