Atual

Benedita. Pastelaria Daniju adoça vila há três décadas

Pastelaria Daniju

Nas montras da Pastelaria Daniju, na Benedita, o aroma que vem de dentro não engana. Ali há muita coisa boa para provar. Uma diversidade de oferta, desde bolos mais conhecidos, como pastéis de nata, bolo de arroz, arrufadas até ao pão-de-ló e tantas outras iguarias, feitas do mesmo modo, há 30 anos, pelo mesmo mestre pasteleiro, João Justinho, de 64 anos, que desde os 14 se dedica com amor a esta arte. A servir os clientes ao balcão, nesta pastelaria familiar, está a irmã Madalena Justino, de 54 anos, e uma das filhas de João, Daniela Justino, de 30. Daniela tem tantos como a casa que ajuda a levar por diante. É pelo paladar e pela forma tradicional de fazer a pastelaria que têm mantido os clientes, “que já vão seguramente na quarta geração”, diz Madalena Justino, enumerando “avós, pais, filhos e netos”.

(Saiba mais na edição de 18 de outubro do jornal O Alcoa).

Outras notícias em Atual