Economia

Fervença. diVino Assador prima pela qualidade e sabor na grelha e nos vinhos

divinos face

BI empresarial

Nome: diVino Assador
Data de Abertura: Maio de 2017
Empregos criados: 4
Localização: Estrada Nacional 8/5 nº 53, Fervença, Alcobaça.
Telefone: 262 148 634
Facebook: https://www.facebook.com/diVinoassador/
Website:http://divino-assador.business.site/
Horário: 2ª-feira a domingo das 12h às 15h00 e das 19h00 às 23h00 (encerrado à terça-feira)

Uma cozinha baseada em carnes assadas e fumadas em grelha com mistura de três lenhas diferentes, que se destaca pela qualidade e sabor «divinal». Assim se pode definir o diVino Assador, o novo restaurante situado na Fervença. Ali convive uma atmosfera pitoresca, aprimorada pelos detalhes, com um ambiente acolhedor e elegante. Na cozinha, privilegiam-se as melhores carnes de porco, vaca, pato, veado, javali, selecionadas pelo sabor e qualidade e trabalhadas desde o tipo de corte, ao tempero com mistura de algumas ervas e à fumagem, a par de outras iguarias como o lombo do bacalhau da Islândia lascado na grelha, o bife de atum braseado, o polvo da Nazaré ou o camarão de Moçambique. Pratos que se complementam com a companhia de um bom vinho, oferecido por uma completa e selecionada carta que o gerente, Rui Assis Ferreira, faz questão de destacar: “néctares de altíssima qualidade de todas as regiões vinícolas de Portugal”.
“Queremos que as pessoas venham cá porque temos uma qualidade diferente; não queremos clientes que se preocupem com quanto é que vão gastar – embora estejamos a trabalhar com preços muito baixos –, mas que pensem quão satisfeitos daqui vão sair”.
Da ementa consta também o almoço de trabalho que, por 9,99 euros, oferece quatro entradas diferentes, um prato à escolha entre dois pratos de peixe e cinco pratos de carne, todos feitos na grelha, e uma bebida. “Não é o preço mais barato, mas é a qualidade mais alta que existe no mercado”, refere Assis Ferreira, acrescentando: “posicionamo-nos ao nível da qualidade mais alta e essa também pode ser conseguida com preços razoáveis”.
Uma distinção que se estende também ao início e ao fim de cada refeição com ampla variedade de enchidos e doçaria tradicional, privilegiando produtos da região tanto nos doces como nos salgados. A acompanhar esta experiência sensorial, refira-se novamente a criteriosa seleção de vinhos que está na base de uma muito boa garrafeira. Mais um fator que contribui para a pretendida diferenciação pela qualidade.
Fica o desafio: aventure-se e delicie-se com esta experiência (quase) divina.

 

Outras notícias em Economia