Atual

Leiria. Centro Hospitalar em crise

hospital santo andre

“Por vezes os médicos, na passagem de turno recebem 90 a 100 doentes, quando há na medicina interna, no máximo, três médicos especialistas” disse Carlos Cortes, presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos. Sabe-se agora, que no final do mês de janeiro, os chefes de urgência de medicina do Centro Hospital de Leiria (CHL) demitiram-se por falta de condições para desempenhar funções.
Hoje, quarta-feira, também Hélder Roque, presidente do CHL, comunicou à estrutura do hospital a sua demissão.

(Saiba mais na edição impressa e digital de 7 de março de 2019)

Comentários (1)

  • Maria Almeida - 6 de Março de 2019, 21:33

    A ministra da saúde , e o governo deviam investir mais na saúde e não nos bancos falidos.Contratarem mais médicos ,enfermeiros aparelhos etc.

Outras notícias em Atual