Atual

Mosteiro. Desaparecimento de peça em investigação

Mosteiro_de_Alcobaça_-_Túmulo_do_Pedro_I_-_Roda_da_Fortuna_pb

Segundo notícia do “Correio da Manhã”, de 26 de novembro, está a ser investigado o desaparecimento, do Mosteiro de Alcobaça, de uma peça em gesso, réplica da “roda da vida” do túmulo de D. Pedro I. “Trata-se de uma peça que terá mais valor moral e afetivo do que material”, disse a O ALCOA o historiador Rui Rasquilho, antigo diretor do monumento.
A obra foi encomendada ao escultor António Motta por Manuel Vieira Natividade e serviu de base à investigação inédita do autor sobre a iconografia tumular, resultando na publicação do livro “Inez de Castro e Pedro o Cru perante a iconographia dos seus túmulos”.
Em resposta a O ALCOA, a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), que tutela o monumento e a coleção Vieira Natividade, assume ter conhecimento do desaparecimento registado “há cerca de duas décadas, em circunstâncias desconhecidas, de uma peça de escultura, pertencente ao referido espólio”. O organismo admite ter sido recentemente notificado “de uma investigação em curso nos Departamentos de Investigação e Ação Penal, sobre o alegado desaparecimento desta cópia em gesso, em circunstâncias que até ao momento se desconhecem”. A DGPC informa ainda “não ter conhecimento do desaparecimento de outras peças”.

(Saiba mais na edição de 29 de novembro do jornal O ALCOA)

Outras notícias em Atual