Atual

Região. “Precisamos de carteiros urgentemente”

ctt_regiao

“Precisamos de carteiros, urgente”. O apelo é deixado por Dina Serrenho, dirigente do Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT), e traduz o caos que se vive atualmente com a entrega de correspondência nos concelhos da Nazaré e de Alcobaça.
As reclamações que chegam ao jornal O ALCOA, de assinantes que não recebem o jornal a tempo e horas, já não são de agora mas, nos últimos meses, este atraso, que se verifica não apenas com os jornais mas também com a correspondência em geral, tem sido maior do que o habitual.
De acordo com Dina Serrenho, “a distribuição que estamos a fazer neste momento ainda é de meados do mês de novembro”, assumindo atrasos de mais de um mês. “Neste momento temos 26 carteiros a fazer a distribuição; precisaríamos de mais cinco trabalhadores para garantir a qualidade do serviço”, disse a dirigente sindical a’O ALCOA, que lamenta que a direção não tenha a qualidade do serviço em conta.

(Saiba mais na edição em papel e digital de 11 de janeiro de 2018)

Outras notícias em Atual