A força de um discurso

Notável peça de oratória. O discurso do Cardeal D. Tolentino Mendonça, no dia 10 deste mês, tem de tudo: história, filosofia, poesia, teologia… Já tive oportunidade de aqui expressar a minha admiração por este vulto da Igreja, quando recebeu o barrete cardinalicio das mãos do Papa Francisco. Senhor de uma cultura invulgar e de uma simplicidade franciscana, D. Tolentino Mendonça voltou a impressionar pelo conteúdo humanístico do seu discurso no dia de Portugal, de Camões e das Comunidades. Temas como Raízes, O que é amar um país, Fortalecer o pacto intergeracional, entre outros, provocaram reacções gerais de admiração. Curioso, quando D. Tolentino Mendonça afirma: “Quando tomei posse como arquivista e bibliotecário da Santa Se, uma das referências que quis evocar foi a da minha avó materna, uma mulher analfabeta, mas que foi para mim a primeira biblioteca.” É trechos de requinte como estes: “Não há viagem sem tempestades, não há itinerário histórico sem crises.” E ainda: “A poesia é um guia náutico perpétuo, é uma cosmografia da alma.”
Não há dúvida: são homens como D. Tolentino Mendonça que acrescentam grandeza à Igreja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Candidaturas abertas

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

Porto de Mós. O projeto do baile dos pastorinhos

08 Mai | Sáb | 09:00

Leiria. O festival de música

15 Mai | Sáb | 19:30

Teatro José Lúcio da Sílvia, Leiria

Porto de Mós. Caminhada nas Minas da Bezerra e Serra da Pevide

08 Mai | Sáb | 09:30

Serra de Aire e Candeeiros, Porto de Mós

Caldas da Rainha. A exposição da ESAD

06 Mai | Qui | 09:00

ESAD, Caldas da Rainha

Leiria. Conferências de saúde, de economia e de ambiente

05 Mai | Qua | 14:30

Teatro Miguel Franco, Leiria

Alcobaça. Biblioteca convida à conversa com…

10 Abr | Sáb | 11:00

online