Alcobaça. Caso dos irmãos de etnia cigana denunciado pel’O ALCOA resolvido

Os irmãos de etnia cigana Inocêncio e Fernando, que viviam há 20 anos numa barraca, na Cova da Onça, em Alcobaça “foram institucionalizados e encontram-se bem”. Confirmou a’O ALCOA Inês Silva, vereadora da Ação Social da Câmara Municipal de Alcobaça, bem como Eva Gonçalves, da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Alcobaça, tutora dos dois irmãos desde 2015. “Há cerca de três anos que estava pedida uma vaga, no Centro Distrital da Segurança Social, mas não é qualquer lar que consegue dar resposta a estes casos, em que há doenças mentais”, esclarece a responsável. “A barraca onde viviam foi removida, eles estão no lar desde final de julho e estão bem”, remata Eva Gonçalves que continuará a acompanhá-los.

Saiba mais na edição impressa e digital de 17 de setembro de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Candidaturas abertas

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

Porto de Mós. O projeto do baile dos pastorinhos

08 Mai | Sáb | 09:00

Leiria. O festival de música

15 Mai | Sáb | 19:30

Teatro José Lúcio da Sílvia, Leiria

Porto de Mós. Caminhada nas Minas da Bezerra e Serra da Pevide

08 Mai | Sáb | 09:30

Serra de Aire e Candeeiros, Porto de Mós

Caldas da Rainha. A exposição da ESAD

06 Mai | Qui | 09:00

ESAD, Caldas da Rainha

Leiria. Conferências de saúde, de economia e de ambiente

05 Mai | Qua | 14:30

Teatro Miguel Franco, Leiria

Alcobaça. Biblioteca convida à conversa com…

10 Abr | Sáb | 11:00

online