Alcobaça. Polícia Judiciária deteve funcionário de instituição por suspeita de abuso sexual

Um homem de 43 anos foi detido ontem, em Alcobaça, suspeito da prática de crimes de abuso sexual a um homem de 34 anos com problemas cognitivos. De acordo com informação da Polícia Judiciária, a detenção realizada a 21 de abril, ocorreu na sequência de uma denúncia efetuada a 13 de abril, sobre os alegados abusos deste homem, funcionário da instituição onde a vítima estava internada.

De acordo com o que coordenador da Polícia Judiciária (PJ) de Leiria, Fernando Jordão disse à agência Lusa, a vítima “terá sido sujeita a atos sexuais de relevo em diversas ocasiões pelo abusador”, que “estaria de serviço no turno da noite”, desconhecendo-se para já “se terão existido abusos anteriores”.

Num comunicado da PJ refere que após a denúncia, “foram iniciadas diligências investigatórias de imediato, que sustentaram a emissão de mandados de detenção, pela Autoridade Judiciária competente”, mas que o suspeito ter-se-á colocado em fuga “após o cometimento dos abusos”, deixado de comparecer ao trabalho durante alguns dias e ausentando-se da sua residência, no concelho de Alcobaça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found