Alcobaça. Gabinete de Apoio à Vítima realiza projetos na comunidade educativa

“Francamente positivo”. É desta forma que o psicólogo João Mota vê o trabalho realizado pela equipa multidisciplinar de apoio à vítima do Município de Alcobaça, de que é responsável, composta por seis elementos do Gabinete de Apoio a Vítimas de Violência Doméstica e do Centro de Atendimento a Jovens.
Durante a pandemia, houve que “criar novas formas de chegar às pessoas”, como a linha de apoio psicológico, destinada a todos os munícipes, e que, segundo o psicólogo, “foi muito utilizada, sobretudo pela população mais idosa e pessoas mais isoladas”. Linha em que receberam cerca de duas centenas de contactos. Outra das novidades foi a realização online do projeto “Tira[teimas]”, que integra um conjunto de sessões regulares de temáticas estruturadas para diferentes públicos.
Além do “Origami”, programa de promoção de competências socio-emocionais, a decorrer há sete anos em escolas do 1.º ciclo, destaca-se a iniciativa que aposta na prevenção e estratégias de apoio a crianças e jovens na área da violência contra as mulheres e a violência doméstica, “Inês=Pedro?”.

Saiba mais na edição impressa e digital de 9 de junho de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found