Memória

Alfeizerão. O Lavadouro do Casal Pardo

recordando

No Casal Pardo, na freguesia de Alfeizerão, há um lavadouro perdido no tempo, conforme relata Graciete Simões, no seu livro “Lembro-me… A minha terra e as suas gentes”. O lavadouro foi construído aquando da inauguração da pousada, em 1943, depois de um grave problema de abastecimento de água para a sua manutenção, tendo-se arranjado a solução de a canalizar de uma mina de água existente. Como complemento, foi construído, no local da mina, um lavadouro público para a população do Casal Pardo.
Com o passar do tempo, este lavadouro deixou de ter a utilidade de outrora e hoje são poucos os que conhecem o espaço, onde ainda brota muita água. Um lugar que Mabilde Machado Rossetti conhece bem. Com paixão pela sua terra e com vista a não a deixar cair no esquecimento, esta emigrante do Casal Pardo, há 40 anos a residir na Suíça, por ocasião do seu aniversário, a 9 de agosto, resolveu pedir ajuda à junta de freguesia para ajudar na limpeza do lugar.

(saiba mais na edição de 22 de agosto)

Outras notícias em Memória