Alunos de dança de salão levam brilho a Paris

“Uma forma de expressar os sentimentos; algo que gosto de fazer e que sem saber explicar me deixa feliz”. As palavras são de Matilde Rocha, de 10 anos, e de Bernardo Dionísio, de 11, mas os sentimentos são partilhados por todo o grupo de «pequenos grandes» dançarinos, da escola de Danças de Salão da Sociedade Filarmónica Maiorguense. É com um sorriso na face e graciosidade nos pés que cerca de 10 alunos, entre os 10 e os 14 anos, alguns desde tenra idade, aprendem a dançar a valsa, o cha-cha-cha, a salsa e entre tantos outros movimentos. Passos que os professores Nuno Alves e Salomé Ferreira lhes transmitem e que os levaram a Montegeron, arredores de Paris, a 28 de janeiro. Ali atuaram na cerimónia onde centenas de alunos do curso de português receberam os certificados de língua portuguesa, organizado pela Coordenação das Coletividades Portuguesas de França, na presença de várias individualidades, como o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, Jorge Carneiro.

(Saiba mais na edição em papel e digital de 8 de fevereiro de 2018)

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found