Atleta beneditense participa numa das ultra-maratonas mais difíceis do mundo

O atleta beneditense, Jorge Serrazina, está a percorrer os 866 km de uma das mais difíceis provas de ultra-maratona do mundo. Jorge Serrazina, 60 anos, tem a companhia de quatro atletas nacionais, nos Pirinéus.

A prova pode chegar às 400 horas de corrida, distribuídas ao longo de 17 dias, num percurso feito nos Pirinéus, entre o mar Mediterrâneo e o oceano Atlântico.
A prova é percorrida por estes dias por 350 atletas de todo o mundo, que levam consigo, entre sete a dez quilogramas de material de apoio.
A prova pode ser acompanhada online em http://chrono.geofp.com/transpy2016/v3/.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found