Opinião

Banner_DuarteMorgado

Breve comentário a partir do Altar do Senhor Ressuscitado (Mosteiro de Alcobaça)

O espanto diante do Ressuscitado… deverá ser a nossa reação diante da certeza de que na nossa paixão vivida em cada dia Ele está lá presente. Desta vez é Ele o cireneu… e nós, mergulhados na Sua vida divina, somos por Ele erguidos, ressuscitados em várias horas do nosso dia.
Por vezes são dias longos, complicados, densos… No entanto está sempre presente uma luz que imana do Ressuscitado que nos diz “A paz esteja convosco”… É aí que o nosso coração repousa e encontra a serenidade, pois afinal em tudo o que existe permanece somente o amor que Ele tem por nós e que nunca nos poderá ser tirado…
Esta foto, do Altar do Senhor Ressuscitado, antigo altar apeado no Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça na década de 1930, revela-nos de forma plástica esse espanto… Numa simplicidade tão grande e ao mesmo tempo num movimento tão expressivo, Cristo ergue-se do túmulo vazio e anuncia: Aqui estou para dar sentido à vossa vida e vos erguer também dos vosso túmulos de cada dia… E os soldados, espantados, eles que dormiam, somos nós, discípulos, que acreditam que guardam a fé, mas que dormimos muito e pouco vigilantes somos… Quando confrontados com a presença do Senhor acordamos, despertamos…e dizemos: Senhor, aqui estamos sem entender todo este mistério e todos os mistérios em que nos envolves, mas aqui estamos… ajuda-nos a sermos capazes de acreditar…mesmo quando os calvários que atravessamos são ora confusos, ora complexos de decifrar.
Em Tempo de Quaresma, deserto onde o silêncio da nossa fome de Deus fala mais alto, sejamos capazes de nos entregarmos ao espanto de cada dia deste Deus que Se fez Homem para caminhar connosco…
Para todos uma saudação na certeza de que aquilo que ainda nos resta e que dá sentido à nossa existência é o amor de Deus, oculto e misterioso…e sem dúvida alguma, espantoso!

Outras notícias em Opinião

  • Jesus a espreguiçar-Se

    Quando o Papa fez 83 anos (17 de dezembro passado), ofereceram-lhe uma estampa que sintetiza o seu programa pastoral: a santidade “della porta accanto”, a…

  • Valores Sociais

    A doutrina social da Igreja (DSI) tem como orientações básicas seis princípios e quatro valores: os princípios, abordados nos artigos anteriores, são a dignidade humana,…

  • Seitas e Movimentos Religiosos

    Que as seitas são altamente prejudiciais à sociedade, todos reconhecem. Muitas pessoas, sobretudo entre os jovens, têm sido captadas por redes sectárias. Pensam, ingenuamente, que…

  • Um conto de Natal | As dúvidas de Renato

    Renato frequentava um curso superior, na cidade. Os pais viviam na aldeia. Eram crentes. Renato nem por isso. As aulas na Faculdade e a vida…

  • Princípios sociais, numa visão de conjunto

    Nos últimos artigos, foram apresentados os seis princípios da doutrina social da Igreja consagrados no respetivo Compêndio de 2004: dignidade humana; bem comum; destino universal…

  • A carta de Greccio

    S. Francisco de Assis foi pela primeira vez a Greccio por volta de 1209, numa altura em que a pequena cidade sofria o ataque de…

  • O Vaticano e as divindades pagãs

    A ideia de construir um museu nasceu há mais de cinco séculos na cabeça de alguns Papas. A palavra «museu» não existia e, menos ainda,…

  • Princípio da solidariedade

    O princípio da solidariedade é o último dos seis consagrados no Compêndio da Doutrina Social da Igreja (CDSI): ele sintetiza de algum modo os restantes,…

  • O Inferno, o Céu e a oração do rico

    O mês de novembro é dedicado aos mistérios do encontro ou desencontro com Deus. Pode ser um encontro feliz, inesgotável e exultante, ou pode ser…

  • Princípio da participação

    Cada um de nós faz parte de uma família; e, em maior ou menor grau, faz parte de uma ou mais associações, outras instituições, empresas,…