Câmara Municipal de Alcobaça destaca trabalho meritório da DGPC no Mosteiro de Alcobaça

A Câmara Municipal de Alcobaça sublinha que se encontra a decorrer um concurso público para a concessão do Claustro do Rachadouro do Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça com vista à construção de uma unidade hoteleira. A abertura desse concurso pela Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) é um marco histórico da revitalização do Mosteiro de Alcobaça.
Nos últimos anos, a DGPC foi responsável pela recuperação da Sala das Conclusões, do Claustro D. Dinis, pela demolição dos armazéns contíguos ao Jardim do Obelisco, entre outras intervenções que demonstram a sua capacidade de gestão e de reconhecimento do enorme potencial do Mosteiro de Alcobaça.
Paulo Inácio, Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, destaca o “total envolvimento e disponibilidade da DGPC na abertura do concurso público para a construção do futuro hotel no Claustro do Rachadouro. A DGPC reconheceu, desde a primeira hora, a importância estratégica de uma estrutura como esta, integrada num monumento que é Património da Humanidade há 25 anos. Demonstrou abertura para o diálogo e foi sensível ao potencial deste projeto, abrindo o procedimento concursal”. A autarquia aguarda com grande expetativa a apresentação, em fevereiro de 2016, do ante-projeto do Hotel.
O Município de Alcobaça agradece à DGPC o excelente relacionamento institucional, como recentemente se comprovou na última edição da Mostra Internacional de Doces & Licores Conventuais e na projeção do espetáculo de videomapping, inserido nas comemorações dos 25 anos da classificação do Mosteiro como Património da Humanidade. O apogeu dessas comemorações será a concessão definitiva do Hotel no Claustro do Rachadouro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found