Coz. Mosteiro aguarda aval da DGPC para candidatura a obras no telhado

Catarina Reis
Jornalista

“Ainda nas últimas chuvas fortes deste ano, a água entrou para o interior; há muitas infiltrações e o monumento vai-se degradando”. A preocupação com o Mosteiro de Santa Maria de Coz é expressa por Álvaro Santo, presidente da União de Freguesias de Coz, Alpedriz e Montes. O autarca explicou a’O ALCOA que, em conjunto com a Câmara Municipal de Alcobaça, está a trabalhar numa candidatura a fundos comunitários, até final de abril, para intervenção na cobertura, mas que aguardam, há mais de um mês, a visita e autorização dos técnicos da Direcção-Geral do Património Cultural (DGPC), entidade responsável pelo monumento.

“A cobertura apresenta muitas telhas e beirados partidos, mas o pior são os buracos nos canais entre as telhas, por onde entra a água”, nota o autarca, lembrando que o telhado foi revisto em 1979. “A telha não é de boa qualidade” e parte da igreja, por estar virada a norte e apanhar menos sol, “apresenta maiores problemas de degradação”. O presidente adianta que, há cerca de dois anos, a junta e a câmara colocaram silicone em alguns desses buracos, “mas que não resolve” assim.

Saiba mais na edição impressa e digital de 29 de abril de 2021.

Catarina Reis
Jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Candidaturas abertas

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

Porto de Mós. O projeto do baile dos pastorinhos

08 Mai | Sáb | 09:00

Leiria. O festival de música

15 Mai | Sáb | 19:30

Teatro José Lúcio da Sílvia, Leiria

Porto de Mós. Caminhada nas Minas da Bezerra e Serra da Pevide

08 Mai | Sáb | 09:30

Serra de Aire e Candeeiros, Porto de Mós

Caldas da Rainha. A exposição da ESAD

06 Mai | Qui | 09:00

ESAD, Caldas da Rainha

Leiria. Conferências de saúde, de economia e de ambiente

05 Mai | Qua | 14:30

Teatro Miguel Franco, Leiria

Alcobaça. Biblioteca convida à conversa com…

10 Abr | Sáb | 11:00

online