Opinião

Banner - OPINIAO Acacio F Catarino_sociologo

Da Doutrina Social da Igreja

Entende-se por doutrina social da Igreja (DSI) o conjunto de orientações, para os domínios socioeconómico, político e ecológico, provenientes do Evangelho e de toda a Bíblia, da Tradição da Igreja e do seu magistério. Embora a origem por excelência desta doutrina eclesial seja o próprio Fundador, considera-se que, mais formalmente, ela se iniciou em 1891, com a encíclica de Leão XIII «Rerum Novarum» – sobre as coisas, ou realidades, novas nessa altura. Realidades tais como: o início da industrialização; a concentração do poder capitalista; a expansão do operariado proletário, não detentor de meios de produção; a eclosão do marxismo e sua revolta contra a «exploração do homem pelo homem»; a crise de estruturas e valores tradicionais; a descristianização da classe operária…
Existem inúmeros textos de DSI, tanto posteriores como anteriores a 1891; e existem muitos mais de comentário, teorização e divulgação. Entretanto, a Secretaria de Estado do Vaticano, através do Conselho Pontifício «Justiça e Paz», entendeu por bem difundir uma síntese dessa doutrina, intitulada «Compêndio da Doutrina Social da Igreja»; a edição portuguesa, que se deve à «Principia», ocorreu em 2005. Apesar de ser uma síntese, o livro contém cerca de siscentas páginas de texto e de índices.
No capítulo IV figura o que podemos designar como o essencial da DSI: os seus princípios e valores. Tais princípios são os seguintes: a dignidade da pessoa humana, considerada princípio fundamental; o bem comum; o destino universal dos bens; a subsidiariedade; a participação; e a solidariedade. Os valores são: a verdade; a liberdade; a justiça; e a caridade (em que se inclui a «caridade social e política» – nºs. 207-208) – verdadeiro «manancial» onde «nascem» e se «desenvolvem» os outros valores (nº. 205).

Outras notícias em Opinião

  • O Vaticano e as divindades pagãs

    A ideia de construir um museu nasceu há mais de cinco séculos na cabeça de alguns Papas. A palavra «museu» não existia e, menos ainda,…

  • Princípio da solidariedade

    O princípio da solidariedade é o último dos seis consagrados no Compêndio da Doutrina Social da Igreja (CDSI): ele sintetiza de algum modo os restantes,…

  • O Inferno, o Céu e a oração do rico

    O mês de novembro é dedicado aos mistérios do encontro ou desencontro com Deus. Pode ser um encontro feliz, inesgotável e exultante, ou pode ser…

  • Princípio da participação

    Cada um de nós faz parte de uma família; e, em maior ou menor grau, faz parte de uma ou mais associações, outras instituições, empresas,…

  • O valor do Património Cultural

    “Se destruís o passado, destruís a alma. Ficais sem raízes para corrigir o futuro. Os homens foram notáveis pelo que fizeram de notável”. Palavras colocadas…

  • Princípio da subsidiariedade

    O princípio da subsidiariedade baseia-se na dignidade e autonomia de cada pessoa e família, defendendo que as diferentes organizações privadas, com ou sem fins lucrativos,…

  • Destino Universal dos Bens 2166

    Este é o terceiro princípio fundamental da doutrina social da Igreja (DSI), depois da igual dignidade humana e do bem comum abordados em artigos anteriores…

  • A festa da alegria

    Nestas últimas semanas, a Igreja lançou, em todo o mundo, um projecto renovado de evangelização. Este mês de outubro foi declarado um Mês Missionário Extraordinário,…

  • Rasoamanarivo

    A 7 de setembro, durante a viagem a Moçambique, Madagáscar e República da Maurícia, o Papa fez questão de visitar o túmulo de Victoire Rasoamanarivo,…

  • Francisco e Bento XVI publicam um livro em parceria

    Os autores são Papa Francisco e Bento XVI, o título é “Não façam mal a nenhum destes pequeninos. A voz de Pedro contra a pedofilia”.…