Opinião

Facebook---OPINIAODavidAngelo

Desabafo de um médico

Diretor Clínico do Instituto Português da Face revela situação lamentável do plano de vacinação contra a Covid-19

No Instituto Português da Face, estamos focados nas patologias da face, da boca, do nariz, da garganta e do pescoço. Todas elas, áreas consideradas de risco. Nesta fase, em que o sistema nacional de saúde se encontra sobrecarregado, reforçámos a nossa estrutura para conseguirmos dar resposta aos doentes que nos procuram.
Observamos um aumento das situações graves, nomeadamente alguns tumores da boca que chegam numa fase mais avançada que o normal. A nossa missão é continuar a dar um tratamento de alta qualidade aos nossos doentes.
Desde dezembro que tenho enviado vários e-mails às entidades responsáveis para tentar vacinar a minha equipa de médicos. No entanto, visto estarmos no sector privado e sermos uma clínica pequena, não obtivemos respostas claras.
A minha preocupação é constante porque ter um médico infetado significa que provavelmente poderia ter sido prevenido com a vacinação adequada. Significa também, que os doentes poderão ficar sem resposta e sem acesso a cuidados de saúde diferenciados durante um período indeterminado.
Alguns grupos privados já iniciaram os processos de vacinação, com critérios que incluíram vacinar desde as administrações aos profissionais de saúde. No nosso caso, apenas gostaríamos de ter respostas claras e uma estratégia para poder vacinar os nossos médicos que todos os dias continuam a vir trabalhar, com ou sem vacina.
Pessoalmente, sinto-me responsável pela minha equipa e entristece-me esta falta de critérios. Irei continuar a insistir com as devidas entidades para vacinar os nossos médicos.
Até lá, continuaremos a dar o nosso melhor pelos nossos doentes, todos os dias.

Outras notícias em Opinião

  • Editorial. Populismos regionais

    “O homem é o homem e a sua circunstância”, defendeu sabiamente Ortega y Gasset O meu pai nasceu e cresceu no Alentejo. Concluída a 4.ª…

  • O preço da santidade

    O Papa Francisco deu um passo decisivo para a canonização do Prof. Jérôme Lejeune, o mais importante geneticista do século XX, com o decreto de…

  • Os Idosos

    Nota Prévia: Este texto foi escrito a 14 de Abril 2019. Aparentemente pouco mudou, apenas a Eutanásia já foi aprovada na Assembleia da República. É…

  • Positivo e negativo

    Positivo e negativo… todos os dias ouvimos, vezes sem conta, estas palavras. Positivo e negativo… todos os dias vimos imagens, vezes sem conta, que nos…

  • José Eduardo Oliveira. Um homem bom e alcobacense profissional

    Há tempos, depois de uma daquelas conversas “vadias” mas importantes, em que se fala de tudo e de nada, perguntei ao meu Amigo José Eduardo/JERO…

  • “Milagre na Cela 7”, de Mehmet Ada Öztekin

    Recomendo o filme “Milagre na Cela 7” porque é um daqueles filmes difíceis de esquecer, com uma mensagem profunda e bela, que enaltece a força…

  • “Paula”, de Isabel Allende

    Da vasta obra de Isabel Allende, escritora nascida no Peru, recomendo a leitura de “Paula”, de cariz autobiográfico, originado por uma situação de quase “confinamento”.…

  • Um elemento de arte sacra do Mosteiro de Alcobaça do séc. XV

    Após a Batalha de Aljubarrota, D. João I entregou ao Mosteiro de Alcobaça vários espojos da contenda com os Castelhanos, isto devido ao auxílio militar…

  • Editorial. In memoriam

    José Eduardo Oliveira foi incansável no registo das memórias da sua terra.   É este legado, diria, o mais relevante que Alcobaça lhe tem a…

  • “Voando Sobre Um Ninho de Cucos”, de Milos Forman

    Como bom cinéfilo que sinto ser, tenho de realçar o filme de Milos Forman, de 1976, “Voando Sobre Um Ninho de Cucos”, e o desempenho…