Editorial. Extraordinários

Neste 2020, em cada edição, uma pessoa extraordinária em algum aspeto da sua vida, com ligação à nossa região.
Não conheci o Padre Inácio Antunes, pároco que, perante uma igreja exígua e deteriorada, em apenas quatro anos, num contexto de grande pobreza, idealizou e inaugurou a atual igreja da Benedita, a 15 de agosto de 1955. Foi a minha mãe, que ali foi professora de 1950 a 1955, quem me relatou os factos e a admiração. O P. Inácio tinha extraordinárias capacidades de iniciativa, de organização e de mobilização. O pároco começou por escrever a todos os consagrados beneditenses que rezassem pelo êxito do empreendimento, concretizado com muitas campanhas de angariação de fundos adequadas ao meio desfavorecido: campanha do ovo, da telha, do tijolo. Muitas crianças depois de comerem a sopa no centro iam, de porta em porta, pedir comida. O pároco motivava ao desenvolvimento pessoal e comunitário: não era bom que as filhas da terra fossem servir, mas que se desenvolvessem oficinas e emprego; contrariava a ideia de andar de cabeça baixa: “se fosse essa a vontade de Deus, tinha-nos posto os olhos no joelho”. Esta sua postura de olhar em frente fê-lo idealizar a avenida que liga a igreja ao IC2, o que levou muitos anos a acontecer. Mas, como qualquer empreendedor, enfrentou críticas, que o fizeram desabafar na despedida: “disseram que eu vendi o ouro todo da Senhora para fazer esta igreja, mas ela agora está numa casa digna dela” e, depois, “o que eu sofri nesta terra nunca o sabereis neste mundo”. No entanto, foram muitos os que reconheceram o seu trabalho em favor da Benedita. Aquando da inauguração, o saudoso correspondente d’O ALCOA, Zito, escrevia na 1.ª página: “Ao grande «construtor» da nossa igreja, «restaurador» da nossa terra, amigo sacrificado deste laborioso povo, Padre Inácio Antunes, gratidão humilde e homenagem sincera de todos os habitantes da Benedita”. E no largo da igreja, muitos anos mais tarde, o povo agradecido ergueu-lhe um busto, onde figura a dedicatória: “O homem que mudou a face da Benedita”. Um extraordinário construtor, não só de pedras, mas de comunidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found