Opinião

Facebook - editorial anacaldeira_diretora

Editorial. In memoriam

José Eduardo Oliveira foi incansável no registo das memórias da sua terra.

 

É este legado, diria, o mais relevante que Alcobaça lhe tem a agradecer. E que foi expresso por muitos conterrâneos quando souberam do seu falecimento.
JERO, abreviatura das iniciais do seu nome que inaugurou nas páginas deste jornal, começou aqui a sua presença na imprensa local quando tinha apenas 18 anos. Essa sua paixão pela escrita e pela sua terra acompanharam-no ao longo da sua vida.
Uma vez aposentado, já no século XXI, o Sr. José Eduardo, como o tratava, assumiu maior responsabilidade n’O ALCOA como diretor-adjunto, mantendo a sua página “Alcobaça Terra de Cultura” e outras rubricas; memórias que, uma vez escritas, não morrem. Durante esse tempo, desempenhou um papel importante de transição no processo de redação e edição do jornal, passando a enviar os seus textos em formato digital e a acompanhar o fecho de cada edição na JOR.LINE, em Rio Maior.
Tenho muito gosto de o ter encontrado em duas ocasiões há muito pouco tempo: a 27 de dezembro, nos 75 anos d’O ALCOA, quis estar presente para receber o galardão atribuído ao CEERIA; dois dias depois, nessa instituição, comentei com ele, entre amigos, o seu papel importante no registo das memórias da sua terra. E, por via desse seu legado, manter-se-á mais vivo entre nós.
Numa singelíssima homenagem que são umas flores, neste tempo em que nem sequer podemos participar em cerimónias fúnebres, escrevemos-lhe: “Paz eterna. Gratidão do jornal O ALCOA”.
Mas, qualquer partida é sempre uma chegada, como no poema de Álvaro Feijó: “E, se me vires chegar ao cais dos céus,/ Ver-me-ás, debruçado sobre as ondas, para dizer-te adeus,/ Não um adeus distante/ Ou um adeus de quem não torna cá,/ Nem espera tornar. Um adeus de até já,/ Como a alguém que se espera a cada instante”.
Num “adeus de até já”, Alcobaça pode continuar a encontrá-lo nos seus escritos bem-humorados e repletos de histórias; ele, queira Deus, há-de ter chegado “ao cais dos céus” e, acredito, já começou a escrever crónicas por lá!

Outras notícias em Opinião

  • Editorial. Populismos regionais

    “O homem é o homem e a sua circunstância”, defendeu sabiamente Ortega y Gasset O meu pai nasceu e cresceu no Alentejo. Concluída a 4.ª…

  • O preço da santidade

    O Papa Francisco deu um passo decisivo para a canonização do Prof. Jérôme Lejeune, o mais importante geneticista do século XX, com o decreto de…

  • Os Idosos

    Nota Prévia: Este texto foi escrito a 14 de Abril 2019. Aparentemente pouco mudou, apenas a Eutanásia já foi aprovada na Assembleia da República. É…

  • Desabafo de um médico

    Diretor Clínico do Instituto Português da Face revela situação lamentável do plano de vacinação contra a Covid-19 No Instituto Português da Face, estamos focados nas…

  • Positivo e negativo

    Positivo e negativo… todos os dias ouvimos, vezes sem conta, estas palavras. Positivo e negativo… todos os dias vimos imagens, vezes sem conta, que nos…

  • José Eduardo Oliveira. Um homem bom e alcobacense profissional

    Há tempos, depois de uma daquelas conversas “vadias” mas importantes, em que se fala de tudo e de nada, perguntei ao meu Amigo José Eduardo/JERO…

  • “Milagre na Cela 7”, de Mehmet Ada Öztekin

    Recomendo o filme “Milagre na Cela 7” porque é um daqueles filmes difíceis de esquecer, com uma mensagem profunda e bela, que enaltece a força…

  • “Paula”, de Isabel Allende

    Da vasta obra de Isabel Allende, escritora nascida no Peru, recomendo a leitura de “Paula”, de cariz autobiográfico, originado por uma situação de quase “confinamento”.…

  • Um elemento de arte sacra do Mosteiro de Alcobaça do séc. XV

    Após a Batalha de Aljubarrota, D. João I entregou ao Mosteiro de Alcobaça vários espojos da contenda com os Castelhanos, isto devido ao auxílio militar…

  • “Voando Sobre Um Ninho de Cucos”, de Milos Forman

    Como bom cinéfilo que sinto ser, tenho de realçar o filme de Milos Forman, de 1976, “Voando Sobre Um Ninho de Cucos”, e o desempenho…