HC Turquel e a “maldição” das bolas paradas de Luís Viana

Foto por Sara Susano

O Hóquei Clube de Turquel (HCT) voltou às derrotas, onde mais uma vez as bolas paradas a ser sua “maldição” e com o mesmo autor, Luís Viana. A formação turquelense foi goleada em casa pela Juventude de Viana por 6-2, onde “Zorro”, agora de regresso à equipa de Viana do Castelo, a apontar quatro golos.
A primeira oportunidade, logo ao início da partida, pertenceu mesmo ao HCT que vê a ferro da baliza de Jorge Correia devolver uma bola. Não marcou a equipa, marcou o Juventude Viana numa fase onde o equilíbrio era nota dominante. Joel Coelho colocava os visitantes a vencer aos quatro minutos de jogo.
Com o andar da partida, a equipa da casa foi assumindo os desígnios do jogo, mas só perto do intervalo é que o HCT empata a partida por intermédio de Daniel Matias, na transformação de um livre a castigar um cartão azul a João Pinto. Até ao intervalo foi sempre o HCT a equipa mais perigosa e a que esteve sempre mais perto do segundo golo.

 

Saiba mais na edição em papel de 09 de janeiro de 2014

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found