Atual

IC9 entre Nazaré e Alcobaça já abriu ao trânsito

IC9

O lanço de 17 quilómetros do IC9, que liga a Nazaré e o IC2, nascente de Aljubarrota, Alcobaça, abriu ao trânsito na passada sexta-feira, dia 6 de abril.

A via, sem portagens, estabe-lece a ligação entre a EN242 (Nazaré), Alcobaça e o IC2, a nascente de Aljubarrota. Mas até que ponto é mais rápida ou mais curta? O ALCOA foi testar os tempos e os quilómetros.

O percurso de Alcobaça, partindo da rotunda do Hospital, em direção à Maiorga, Igreja Paroquial, pela IC9 faz-se em cinco minutos, contabilizando 11 quilómetros. O mesmo percurso pela estrada normal faz-se em seis minutos, percorrendo cinco quilómetros. Conclusão: pelo IC9, menos tempo, mais quilómetros. Se o destino for Valado dos Frades, a conversa é outra. São 11 quilómetros e nove minutos, da rotunda do Hospital de Alcobaça até à Estação Ferroviária, pelo IC9 e apenas seis quilómetros e nove minutos pela estrada normal. Conclusão: pelo IC9, mesmo tempo e mais quilómetros.

Apesar de não ou mal compensar em tempos e distâncias, Paulo Inácio, presidente da Câmara de Alcobaça, que promoveu uma viagem no IC9 com a comunicação social, manifestou o seu agrado pela abertura do troço no concelho de Alcobaça. O autarca considerou o IC9 “uma grande oportunidade, mas também um grande desafio para a região”, uma vez que “as estradas trazem mas também levam”.

O presidente de câmara sublinhou o esforço realizado para que a obra estivesse concluída no fim de semana da Páscoa, época onde se regista maior tráfego. Para a finalização do IC9, resta ainda a conclusão dos restantes lanços (que ligarão o IC2 a Fátima e Ourém), num total de 40 quilómetros, prevista “até ao final do corrente mês de abril. A conclusão do IC9 permitirá a ligação, sem portagem, entre a EN242 (Nazaré) e o IC3 (Tomar).

(notícia publicada na edição de 19 de abril de 2012)

Outras notícias em Atual