In Memoriam. Faleceu José Eduardo de Oliveira, antigo diretor-adjunto d’O ALCOA

Foto por O ALCOA

Faleceu na noite de 26 de janeiro, aos 80 anos, José Eduardo Reis de Oliveira, que foi diretor-adjunto d’O ALCOA de 2008 a 2013.

Também conhecido por JERO, pseudónimo jornalístico com que começou a assinar, com 18 anos, os seus textos n’O ALCOA, José Eduardo Oliveira trabalhou durante 34 anos na SPAL, onde foi diretor comercial.

Com uma forte ligação à terra onde nasceu,  dizia-se um “alcobacense profissional”. Autor de “Golpes de Mão’s: Memórias de guerra”, editado em 2009, e de “Alcobaça é comigo: Um século e tal em histórias e historietas de gentes da minha terra”, editado em 2011, José Eduardo Oliveira deixou um importante legado escrito sobre a sua terra de paixão nos seus livros, imprensa local e blogue, como costumava dizer, “para memória futura”.

Participante ativo nas iniciativas de cariz cultural, social e desportiva da sua cidade, colaborou em diversas instituições, como o CEERIA, de que fez parte nos órgãos sociais desde 1999, e da Associação dos Bombeiros Voluntários de Alcobaça, pertencendo aos corpos diretivos de 1991 a 1998, tendo assumido mesmo a presidência da instituição em 1997.  Esteve ainda ligado à Liga dos Combatentes, ADEPA, Fundação Maria e Oliveira, Clube de Natação de Alcobaça, Assembleia de Freguesia e Comissão de Trânsito.

É com carinho, saudade e gratidão pelos textos que assinou e pelo trabalho que realizou n’O ALCOA, que o recordamos.

JERO deixou-nos aos 80 anos, vítima de Covid-19. Como escreveu na sua última obra, “Afinal já sou de Alcobaça desde 1940”. Será sempre!

2 respostas

  1. Peço desculpa ,mas gostava de ser informado do seguinte .
    A que me informassem porque estou a receber os jornal Alcoa tão atrasado e outras vezes não recebo ? hoje dia 28 /1 recebi o Alcoa 21/1 e o anterior com a data 7/1 !Tenho o pagamento em dia ! Agradecia que o porquê deste atraso .

    os meus cumprimentos AssinanteN:11304
    Antonio Da rocha Calisto

    1. Bom dia António Calisto,

      O atraso na entrega do jornal é da parte dos CTT.
      Mesmo com inúmeras reclamações da parte d’O ALCOA, desde o inicio da pandemia estes atrasos têm-se agravado ainda mais.
      Apesar de totalmente alheios, em nome d’O ALCOA, pedimos desculpa e vamos, uma vez mais, efectuar queixa junto do serviço.

Responder a Antonio Calisto Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Sem-título-1

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

Porto de Mós. O projeto do baile dos pastorinhos

08 Mai | Sáb | 09:00

Leiria. O festival de música

15 Mai | Sáb | 19:30

Teatro José Lúcio da Sílvia, Leiria

Porto de Mós. Caminhada nas Minas da Bezerra e Serra da Pevide

08 Mai | Sáb | 09:30

Serra de Aire e Candeeiros, Porto de Mós

Caldas da Rainha. A exposição da ESAD

06 Mai | Qui | 09:00

ESAD, Caldas da Rainha

Leiria. Conferências de saúde, de economia e de ambiente

05 Mai | Qua | 14:30

Teatro Miguel Franco, Leiria

Alcobaça. Biblioteca convida à conversa com…

10 Abr | Sáb | 11:00

online