João Jerónimo, talento e paixão pela música

Catarina Reis
Jornalista

Será seguramente o valadense que em Portugal as pessoas melhor conhecem, quer pessoalmente, quer pela televisão. Aos 82 anos, o saxofone continua a ser o melhor amigo de João Jerónimo, conhecido por João Russo, “por ser muito loiro; não agora, que os cabelos já esbranquiçaram”, disse a’O ALCOA.
Assumindo que o talento e a paixão pela música, que lhe vêm do coração, nasceram com ele, o valadense conta como tudo começou. “Nasci em Valado dos Frades, mas saí de cá com três anos”. João Jerónimo adianta que foi o irmão do seu pai, o seu padrinho, que o criou, em Lisboa. “Vivia no Martim Moniz e foi aí que fiz a quarta classe e admissão ao liceu e o curso comercial”. Os anos passaram e a vontade de regressar às origens fez com que aos 19 anos, Valado dos Frades voltasse a ser a sua casa. Descendente de músicos e habituado a conviver com eles, manifestou ao seu pai a vontade de aprender música. O pai arranjou-lhe um professor da banda local e passado poucos meses, o seu professor, que lhe emprestou o saxofone, considerou-o melhor que ele, tal não era o seu talento.

Saiba mais na edição impressa e digital de 2 de setembro de 2021.

Catarina Reis
Jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found