Mosteiro continua fechado, mas Câmara dá mais um passo

Foto por Catarina Reis

“Um monumento belíssimo que nos despertou a atenção, mas porque está fechado?” Daniela Ciamara de 34 anos e Jean Lucas Berti, de 43, de Bolonha, Itália, a passar três dias de férias na região, mostraram-se tristes e surpreendidos por, num sábado à tarde, o Mosteiro de Santa Maria de Coz estar fechado. O episódio aconteceu a 9 de julho. Em reportagem no local, foi a’O ALCOA que os visitantes confessaram o seu deslumbramento, a que se seguiu a desilusão de não poderem ver o interior do monumento, que desperta interesse e inspira autores. Como a escritora alcobacense Vanda Marques que imaginaria, para um próximo livro, uma história lendária onde não faltariam as monjas e a doçaria conventual.
As visitas ao mosteiro são asseguradas, nos dias de semana, pela junta de freguesia, a quem lá se dirija pedindo a chave ou através de marcação para uma visita guiada. No entanto, ao fim de semana, excetuando as celebrações religiosas, está fechado, sendo que, no exterior, não há qualquer informação.
A questão, segundo Paulo Inácio, presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, tem “sido articulada com a Junta de Freguesia de Coz, Alpedriz e Montes que detém as chaves do monumento. “A Junta de Freguesia dispõe de todos os meios para manter o espaço visitável e deverá encontrar uma solução nesse sentido”, assegura o autarca, concluindo que “essa foi, aliás, uma das premissas da candidatura a Monumento Nacional que submetemos ao Ministério da Cultura em fevereiro”.

(Saiba mais na edição em papel e digital de 21 de julho de 2016)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found