Município de Alcobaça premeia alunos da ESAD no âmbito do projeto COZ’ARTE

A Câmara Municipal de Alcobaça entregou, na terça-feira, 19 de julho, no Museu do Vinho, os prémios do projeto COZ’ARTE aos alunos da Escola Superior de Artes e Design (ESAD) das Caldas da Rainha que responderam assertivamente ao desafio lançado pelo Município: conceber criações inovadoras e de grande potencial comercial com base na tradição artesanal do junco. Os trabalhos podem ser vistos e apreciados na exposição “JUNCO” patente até 30 de julho na Adega dos Toneis do Museu do Vinho de Alcobaça.
O presidente da Câmara Municipal, Paulo Inácio, recordou, durante a sua intervenção, os primeiros passos do projeto COZ’ARTE e da “necessidade de revitalizar e rejuvenescer esta tradição do trabalho do junco”. “Para isso era preciso estimular a criatividade de jovens criadores como são os alunos da ESAD e foi com esse intuito que o município promoveu a aproximação entre estas duas entidades e os resultados estão à vista”, adiantou Paulo Inácio. O edil sublinhou ainda que “estes objetos são simultaneamente simples, funcionais e esteticamente belíssimos e a Câmara deve uma palavra de agradecimento a todos os participantes neste projeto”. E concluiu que “apesar de alguns se terem destacado mais do que outros, vamos dialogar com todos os criativos para criar uma relação duradoura e produtiva”.
Lançado no final de 2015, o COZ’ART é um projeto da Câmara Municipal de Alcobaça em parceria com o Centro de Bem Estar Social (CBES) da Freguesia de Coz que visa (entre outros objectivos) a revitalização de uma arte centenária da freguesia, formando novos artesãos. Com esta aposta, de uma nova geração dedicada aos teares de junco, procurou-se encontrar inovação e conciliação de produtos, para além de novas formas.
Foi então, celebrado um protocolo promovido pela Câmara Municipal de Alcobaça e que proporcionou a cooperação entre o CBES da Freguesia de Coz e o Instituto Politécnico de Leiria, no qual integra a ESAD, com vista à recuperação das antigas tradições de manufaturação de esteiras e ceiras de junco. Visa sobretudo fomentar o empreendedorismo social, criando condições de inclusão social e laboral para os elementos da comunidade que desejem integrar a formação que terá inicio proximamente.
As propostas apresentadas em “JUNCO” pretendem ser material e tecnicamente exequíveis, correspondendo a necessidades identificadas e sustentando uma ideia de negócio para todos os envolvidos na sua produção, sob a marca COZ’ART.
Consulte a lista dos premiados:
1º Prémio (1000€): Ana Casimiro
2º Prémio (750€): Eduardo Vanzeler
3º Prémio (500€): Miguel Ferreira
Menções Honrosas:
– Diana Fonseca
– Filipa Bernardes
– Paulo Garcia
– Liliana Gouveia
– Afonso Duarte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found