O seu cão sofre de ansiedade por separação?

Ana Catarina Duarte
Enfermeira veterinária

A ansiedade por separação é um comportamento apresentado por alguns cães quando separados dos seus tutores. Situação que afeta cães muito dependentes dos tutores, cães adotados que passaram muito tempo em instituições de acolhimento, cães que foram separados muito cedo da ninhada, cães com experiências traumáticas nas primeiras semanas de vida ou que quando jovens estiveram muito tempo sozinhos. Pode surgir em consequência de alterações de rotinas, mudanças de casa, quando ocorrem alterações da estrutura familiar (novos membros ou desaparecimento de algum membro da família) ou quando o cão esteve muito tempo sem ser separado dos tutores (férias, baixas, quarentena…).
Os principais sinais de que o cão sofre deste problema comportamental são vocalizações, micção e defecação em locais inadequados, destruição de objetos, anorexia, apatia, dermatite por lambedura frequente de uma zona do corpo (normalmente patas), automutilação e salivação excessiva.
O tratamento passa por modificações ambientais (espaço onde o cão passa a maior parte do tempo), modificações comportamentais (promover a independência do cão, criar rotinas de passeio e horários de refeições e alterar rotinas de chegada e saída dos tutores). Em alguns casos, o tratamento poderá ter de ser complementado com terapia farmacológica prescrita pelo médico veterinário.

Ana Catarina Duarte
Enfermeira veterinária

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found