Os gatos e as bolas de pelo

Ana Catarina Duarte
Enfermeira veterinária

É sabido que os gatos passam horas do dia a tratar da sua higiene, lambendo-se. A língua dos gatos é extremamente áspera e, durante a lambedura, os gatos acabam por ingerir uma grande quantidade de pelo. Esse pelo fica acumulado no estômago, situação que ocorre sobretudo nos gatos de pelo comprido.

A maioria dos gatos de pelo curto acaba por eliminar o pelo ingerido, através das fezes. Os gatos de pelo comprido não têm essa facilidade e o pelo que ficou acumulado no estômago forma uma “bola” que pode originar vómito ou tentativa de vómito, obstipação, diminuição do apetite, prostração e desconforto abdominal.

A escovagem do pelo reduz a quantidade de pelo ingerido pelo gato, e uma alimentação de qualidade, à base de salmão por exemplo, ajuda a controlar a queda de pelo, diminuindo consequentemente a quantidade de pelo ingerido. Além da alimentação, pode ser feita uma suplementação com ácidos gordos, que também ajudam a controlar a queda de pelo.

Existem no mercado produtos desenvolvidos para o controlo das bolas de pelo, nomeadamente alimentação própria para este fim, snacks e pastas (pasta de malte), que evitam que as bolas de pelo se formem ou, uma vez formadas, ajudam na sua eliminação.

Ana Catarina Duarte
Enfermeira veterinária

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found