Os Idosos

Nota Prévia: Este texto foi escrito a 14 de Abril 2019. Aparentemente pouco mudou, apenas a Eutanásia já foi aprovada na Assembleia da República. É indecoroso discutir e aprovar a eutanásia numa altura em que se “prendem” pessoas saudáveis em casa para “salvar” os mais idosos e as pessoas de maior risco.

Hoje, dia 14 de Abril, a DGS disse que 1/3 das pessoas que morreram com o vírus foi em lares . A Senhora Diretora esqueceu-se de dizer que muitos destes idosos foram infetados por pessoal que trabalha nos lares ou em idas aos hospitais.
Todos os anos há imensas notícias de idosos abandonados pelas famílias nos hospitais, no fim de terem alta ninguém os vai buscar.
Os lares estão cheios de idosos que nunca receberam a visita dum familiar. Todos os anos imensos idosos morrem de frio num país rural, em casas pouco preparadas para o frio e com uma das eletricidades mais caras da europa.
Todos os anos morrem de gripe, pneumonia, outros males, milhares de idosos abandonados em macas nos corredores dos hospitais, no famoso SNS. De vez em quando há umas reportagens nas TVS sobre o assunto, muito amiúde. Nada que se compare com as notícias do vírus.
Milhares de idosos em Portugal têm reformas miseráveis que raramente dão para comprar medicamentos, até se pode dizer, nunca descontaram, certo ! Mas para isso existe o chamado Estado social.
Por último, um assunto que de vez em quando vem à discussão pública nos países ricos Ocidentais. Será que merece a pena prolongar a vida versus sustentabilidade dos sistemas de saúde ? Parece que não merece a pena prolongar a vida, porque até se discute a eutanásia em plena pandemia.
Podia enumerar muito mais situações que ilustram bem como o país, como a nossa sociedade trata os idosos. Depois temos a distinta “ lata “ de criticar os países nórdicos porque não são tão afáveis com os seus idosos, são mais frios…
De que vale a moral católica do sul da europa quando abandona os seus idosos o ano inteiro para os proteger ( mal ) apenas uns meses quando o vírus aparece. Acordamos agora para esta realidade.
Até onde vai a nossa hipocrisia ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found