Atual

Pedreira na Moita do Poço continua a causar protestos

O excesso de pó e os fortes rebentamentos provocados por uma empresa de extração de pedra na Moita do Poço continuam a ser motivo de protestos dos moradores daquela localidade.
“Nem em casa se consegue respirar”, contestou Ana Oliveira, uma das moradoras da Moita do Poço, em reunião de câmara. Paulo Inácio, presidente da Câmara de Alcobaça, garantiu aos populares que vai contactar novamente o Ministério da Economia, entidade que licenciou aquela pedreira, para que seja encontrada uma solução. “Ou resolvem a situação ou temos de tomar outras medidas”, referiu o autarca, que apesar de não ter autoridade para fechar a pedreira, poderá solicitar essa medida ao Ministério da Economia.

Outras notícias em Atual