Vida

Peso: uma variável (des)preocupante

vida 2460_uma variavel despreocupanete

Muitas pessoas apresentam uma obsessão face ao seu peso. Pretendem a todo o custo obter uns dígitos na balança que sejam simpáticos e desejados e, neste sentido, é muitas vezes a primeira atividade diária. Nesta crónica, irei focar duas questões: se devemos dar importância ao peso e, por outro lado, se é necessário pesarmo-nos todos os dias.
O peso é uma variável quantitativa contínua. Para haver uma correta avaliação é importante esmiuçar esse valor e verificar os valores de massa gorda, massa muscular, percentagem de água, gordura visceral e idade metabólica; esses sim, são determinantes para que haja uma correta avaliação. Poderá verificar uma diminuição do seu peso, mas é importante ter conhecimento se existe um decréscimo de massa gorda ao invés de massa muscular.
Quanto à pesagem diária, esta induz ao stress e angústia de muitas vezes não estarmos a alcançar o desejado, sendo prejudicial à saúde. Em conclusão, o peso é uma variável que devemos relativizar, visto que existem outros fatores mais preciosos na avaliação corporal. Não stress logo pela manhã porque está a criar situações de angústia, tensão e nervosismo. Procure um profissional que avalie a sua composição corporal e, juntamente com ele, obtenha os valores acordados e equilibrados para si.

Outras notícias em Vida