Opinião

Banner_CesarSantos

PS dá voz aos Movimentos Sociais

Desde sempre que o Partido Socialista contribuiu de forma determinante para a afirmação da Liberdade e da Democracia Representativa e com a recente realização de Eleições Primárias históricas deu mais um importante sinal nesse sentido.
Foi talvez a ação mais visível nos últimos três anos. No entanto, paralelamente, promoveram-se debates e geraram-se sinergias que estimularam a participação cívica em todas as suas dimensões e, assim, foi possível considerar os contributos que muitos cidadãos, individualmente ou integrados em movimentos sociais, foram disponibilizando.
O PS desencadeou um aberto processo social de participação e de debate com representantes de movimentos sociais da sociedade portuguesa e concebeu um conjunto de propostas que resultou na sua respetiva inclusão no Programa de Governo.
Da reflexão e debate conjunto com os Movimentos Sociais é de destacar que só com o reforço dos mecanismos de participação, de transparência e justiça se potencia o envolvimento cívico, a confiança dos cidadãos e se garante o aprofundamento da qualidade da democracia.
Na mesma linha, e na sequência dos debates, surgem como fundamentais ações como:
• Desenvolvimento de um projeto de “Perguntas Cidadãs” para facilitar o contacto entre o governo, a Administração Pública e os cidadãos.
• Reforço da temática de Educação para a Cidadania nos currículos escolares;
• Introdução de benefícios para as entidades patronais que criem condições para a participação cívica dos seus trabalhadores;
• Adoção de um Orçamento Participativo a nível do Orçamento do Estado, dando prioridade a medidas promotoras da qualidade de vida;
É tempo de mudança, é tempo de melhorar a qualidade da Democracia e da relação entre o Estado, as Empresas, as Famílias e os Movimentos Sociais, é tempo de valorizar Portugal e as suas Pessoas e realizar o seu imenso potencial, com a sua mobilização!

Outras notícias em Opinião

  • O Inferno, o Céu e a oração do rico

    O mês de novembro é dedicado aos mistérios do encontro ou desencontro com Deus. Pode ser um encontro feliz, inesgotável e exultante, ou pode ser…

  • Princípio da participação

    Cada um de nós faz parte de uma família; e, em maior ou menor grau, faz parte de uma ou mais associações, outras instituições, empresas,…

  • O valor do Património Cultural

    “Se destruís o passado, destruís a alma. Ficais sem raízes para corrigir o futuro. Os homens foram notáveis pelo que fizeram de notável”. Palavras colocadas…

  • Princípio da subsidiariedade

    O princípio da subsidiariedade baseia-se na dignidade e autonomia de cada pessoa e família, defendendo que as diferentes organizações privadas, com ou sem fins lucrativos,…

  • Destino Universal dos Bens 2166

    Este é o terceiro princípio fundamental da doutrina social da Igreja (DSI), depois da igual dignidade humana e do bem comum abordados em artigos anteriores…

  • A festa da alegria

    Nestas últimas semanas, a Igreja lançou, em todo o mundo, um projecto renovado de evangelização. Este mês de outubro foi declarado um Mês Missionário Extraordinário,…

  • Rasoamanarivo

    A 7 de setembro, durante a viagem a Moçambique, Madagáscar e República da Maurícia, o Papa fez questão de visitar o túmulo de Victoire Rasoamanarivo,…

  • Francisco e Bento XVI publicam um livro em parceria

    Os autores são Papa Francisco e Bento XVI, o título é “Não façam mal a nenhum destes pequeninos. A voz de Pedro contra a pedofilia”.…

  • Princípio do «Bem comum»

    A seguir à dignidade humana, o segundo princípio fundamental da doutrina social da Igreja (DSI) respeita ao bem comum, isto é: o conjunto de bens…

  • Perfume de poesia na Igreja Católica

    No próximo dia 5 de outubro, a Igreja passará a contar com mais 13 novos cardeais. Um deles é o português José Tolentino Mendonça, um…