Reformados mas não parados

Na sequência do Dia Mundial do Idoso (assinalado a 1 de outubro), O ALCOA foi ao encontro de três seniores para perceber o que os motiva a manterem-se ativos.

Alberto Santos, de 79 anos, é natural de Valado dos Frades onde é conhecido por “Latoeiro”, alcunha que herdou do seu pai que tinha essa profissão. Faz coleção de fotografias, livros, loiças, peças de teatro, objetos antigos, pedaços de história e de gente da terra, que ele faz presente.
Teresa Almeida, de 70 anos, é natural do Vimeiro e reside na Benedita. Conhecida por todos por “Titi”, cozinha, faz crochet, escreve poesia e contos. Tudo para se sentir útil e viva, tudo porque não gosta de “ficar a ver a banda passar”.
José Coelho, de 63 anos, faz da corrida um hábito diário. Todos os dias corre entre dez a 15 quilómetros. O dia em que não corre “já não é igual”.
Venha daí conhecer um pouco mais sobre estes três seniores que se recusam a deixar fugir a vida.

(Saiba mais na edição em papel de 10 de outubro de 2013)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Candidaturas abertas

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

Alcobaça. Biblioteca convida à conversa com…

10 Abr | Sáb | 11:00

online

Encontros em Rede: Reimaginar os Museus a 26

05 Abr | Seg | 15:00

Página de facebook da Rede Cultura 2027