Região. As dificuldades do ensino à distância

Foto por FreePik.com

A escola dentro de casa já não é uma novidade. Depois da estreia do ensino à distância, em 2020, desde fevereiro deste ano que o cenário se repete. Mas como tem corrido este retorno ao ensino online?
Pedro Garcia tem três filhos, de 8, 10 e 14 anos. Dois frequentam o 5.º e o 9.º ano na EB 2/3 D. Pedro I, em Alcobaça, e o mais pequeno, o 3º ano, no Centro Escolar de Alcobaça. Vivem na Lagoa do Cão, freguesia de Aljubarrota. Os problemas começam logo pela conectividade à internet, “que é muito má”, relata a’O ALCOA, “tão complicada que, nos dias em que houve mau tempo, em fevereiro, as comunicações foram abaixo e eles acabaram por perder aulas”. Apanhados neste novo modelo de ensino à distância, os mais velhos são naturalmente mais desenrascados do que o mais novo, para o qual, “apesar de estar habituado às novas tecnologias”, corrobora o pai, “as aulas através do computador não são a mesma coisa, há uma menor capacidade de atenção, e também há pouca preparação por parte dos professores”.

 

Saiba mais na edição impressa e digital de 18 de março de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Candidaturas abertas

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

Alcobaça. Biblioteca convida à conversa com…

10 Abr | Sáb | 11:00

online

Encontros em Rede: Reimaginar os Museus a 26

05 Abr | Seg | 15:00

Página de facebook da Rede Cultura 2027