Região. Empresas alarmadas com fim das moratórias

Hoje, 30 de setembro, é o fim das moratórias. “Algo que deixa as empresas mais afetadas da região deveras preocupadas, dado que ainda não houve tempo suficiente para poderem recuperar a tesouraria”, constata Inácia Caeiro, vice-presidente da Associação Comercial, de Serviços e Industrial de Alcobaça e Região de Leiria, a’O ALCOA. “As entidades bancárias estão a alertar os clientes, de um modo geral, e a analisar cada situação, de modo a retomar o pagamento do capital relativos a empréstimos contratualizados”, afirma Inácia Caeiro. Todavia, para algumas empresas, as “moratórias podem ser prolongadas: é algo que depende da Classificação das Atividades Económicas (CAE) e da entidade bancária”, explica a vice-presidente.

Todos os setores, quer da indústria, quer do comércio, foram “afetados, pois se não há circulação de pessoas, não há consumo, logo não há vendas”, relata Inácia Caeiro. Contudo, algumas atividades foram mais prejudicadas do que outras, porque “os setores em que foi permitida a abertura em tempo de pandemia e de confinamento tiveram perdas, quebras de faturação e muitas não tiveram lucros no fim do ano fiscal”.

Saiba mais na edição impressa e digital de 30 de setembro de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found