Região. Pesca da sardinha arrancou ontem

Foto por Catarina Reis

A pesca da sardinha estava proibida desde outubro de 2017 até 30 de abril deste ano, proibição que entretanto foi prolongada até ao passado dia, 20 de maio e limitada entre 21 de maio a 31 de julho, segundo um diploma publicado em Diário da República de 30 de abril, adiando o levantamento da proibição até ao passado domingo.
Durante este período, o Ministério do Mar paga aos pescadores uma compensação.
Segundo a Comissão Europeia, que revelou o plano de pesca de sardinha para os próximos cinco anos, o valor de limite de captura fixado para 2018 é de 14.600 toneladas, a dividir entre Portugal e Espanha. Segundo a Associação das Organizações de Produtores de Pesca (ANOP) do cerco, o plano atribui a Portugal 9.709 toneladas (66,7%) e a Espanha 4.891 toneladas (33,5%) e define que 50% do total de capturas sejam concretizadas até ao final de julho, deixando as restantes 7.300 toneladas para os meses seguintes. Os limites anuais de capturas de sardinha desceram, em 2011, para 53.616 toneladas e em 2015, para 13.387, notando-se uma subida ligeira em 2016, para 13.698, e em 2017, para 14.694 toneladas.

 

(Saiba mais na edição impressa e digital de 17 de maio de 2018)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found