Região. Sardinha continua a ter boa procura nos Santos Populares

Catarina Reis
Jornalista

Na banca do peixe de Violeta Freire, em Alcobaça, a «iguaria» mais procurada nestes dias é a sardinha. Apesar de não estarem permitidos grandes festejos, “não há Santos Populares que não se assinalem sem sardinhas no prato“, refere José Augusto, cliente habitual.
Um quilo de sardinhas custa, por estes dias, no mercado municipal de Alcobaça, seis euros. “Preço estipulado pelo valor de lota”, adianta a’O ALCOA Violeta Freire, revelando estar a comprá-la a 120 euros o cabaz (que pesa em média 22,5 quilos e carrega 400 a 450 sardinhas). “É esse valor que influencia o preço que o cliente paga no mercado”, garante a peixeira, “e que, ainda assim, representa um montante abaixo do que já chegou a custar em anos anteriores, em que se vendia a 10 e a 12 euros o quilo”. O que não tem sofrido alteração “é a qualidade”, assegura. Pescada ao largo de Peniche e da Nazaré, “é muito saborosa e agora é que está a ficar boa, mais gordinha, escamuda e a pingar no prato”, destaca a comerciante.

Saiba mais na edição impressa e digital de 24 de junho de 2021.

Catarina Reis
Jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found