S.O.S. Património “Memórias de Várias Vilas e Terras dos Coutos de Alcobaça”

Na obra “Memórias de Várias Vilas e Terras dos Coutos de Alcobaça”, recentemente editada pel’O ALCOA, o cronista-mor dos Cistercienses de Portugal, Frei Manuel de Figueiredo, prosseguiu viagem da Cela para a Quinta do Campo, passando pela Vestiaria.
Na Vestiaria há a destacar, perto da Quinta do Cidral, um painel de azulejos. A obra representa, “com traços de caricatura, dois frades a coser vestimentas (alusão à suposta etimologia da palavra Vestiaria)”, escreve Gérard Leroux, que repetiu, ele próprio, os passos de Frei Manuel de Figueiredo. “Painel, no que diz respeito à verdade histórica, duplamente incorreto, já que os monges de Alcobaça não calçavam sandálias, mas sim sapatos fechados; e, pela mesma razão, não se cingiam com cordas, mas com cintos de couro”, adianta o historiador.
A Igreja Matriz da Vestiaria, ou de Nossa Senhora da Ajuda, é outro dos pontos importantes. O monumento foi restaurado em 1762, após o terramoto de 1755, e posteriormente em 1962, “modificando por completo o seu aspeto interior”, escreve Gérard Leroux.

979828_420332931407272_331995922_o

118820436_3319392328167970_6000382032260830213_o_

Pórtico Vestiaria

Saiba mais na edição impressa e digital de 18 de março de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Candidaturas abertas

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

Porto de Mós. O projeto do baile dos pastorinhos

08 Mai | Sáb | 09:00

Leiria. O festival de música

15 Mai | Sáb | 19:30

Teatro José Lúcio da Sílvia, Leiria

Porto de Mós. Caminhada nas Minas da Bezerra e Serra da Pevide

08 Mai | Sáb | 09:30

Serra de Aire e Candeeiros, Porto de Mós

Caldas da Rainha. A exposição da ESAD

06 Mai | Qui | 09:00

ESAD, Caldas da Rainha

Leiria. Conferências de saúde, de economia e de ambiente

05 Mai | Qua | 14:30

Teatro Miguel Franco, Leiria

Alcobaça. Biblioteca convida à conversa com…

10 Abr | Sáb | 11:00

online