Solidariedade. Cáritas Paroquial de Alcobaça prepara cabazes de Natal

Lourenço (nome fictício) é uma das pessoas que recebe o cabaz de Natal da Cáritas Paroquial de Alcobaça. Prestes a celebrar 54 anos, Lourenço mora, em Alcobaça, sozinho. Por haver “períodos da vida que não correm tão bem”, recebe o cabaz de Natal há cerca de cinco anos, o que tem sido uma “grande ajuda”, revela a’O ALCOA. Para Lourenço, o Natal é uma época especial, que tem de ser “digno com algo à mesa”, sendo o conjunto de alimentos uma “mais-valia para quem os recebe”, realça. Lourenço apela às pessoas e empresas para “ajudarem a Cáritas Paroquial de Alcobaça, uma vez que dá auxílio a muitos; o futuro é incerto e qualquer ajuda é bem-vinda e necessária”.

Os cabazes de Natal da Cáritas Paroquial de Alcobaça já estão a ser preparados. “Infelizmente”, nota Mafalda Catela, voluntária da Cáritas Paroquial de Alcobaça, houve um aumento do número de pedidos: “todos os dias houve cerca de mais um a dois pedidos de ajuda do que aqueles que já tínhamos”. No total são ajudadas, em média, 400 pessoas.
Todos os anos são entregues 100 cabazes, mas face ao elevado número de pedidos de ajuda, “temos de fazer mais de 100 conjuntos de alimentos completos ou temos de repartir os mantimentos por todos os cabazes”, explica a voluntária.

Azeite, óleo, marmelada, atum, salsichas, conservas de frutas, feijão, grão e massa são alguns dos alimentos que podem ser encontrados nos cabazes. Para além do bacalhau e do bolo-rei, os produtos tradicionais na mesa de jantar de Natal.

Saiba mais na edição impressa e digital de 9 de dezembro de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found