Solidariedade. Região une-se à população ucraniana

A loja Amiguinhos de “O Bibinho”, em Alcobaça, organizou uma recolha de bens para a Ucrânia. “Recebemos muitas chamadas de pessoas a quererem ajudar”, assume Alla Muntyan, proprietária da loja, a’O ALCOA. Primeiramente, a intenção era juntar a comunidade ucraniana residente em Alcobaça para a recolha, mas depois Alla Muntyan apercebeu-se que já “havia várias campanhas em outras zonas do país, e as pessoas queriam ajudar”. Assim que tinha garantido o transporte dos mantimentos pela empresa Windoor, a ucraniana lançou a campanha na página de Facebook. Desta forma, houve uma “grande adesão”, onde as pessoas trazem “bens, palavras de carinho e rezam connosco”, enaltece. Também já veio um “senhor disponibilizar emprego e habitação a ucranianos que chegassem da guerra”.

No final do passado sábado, dia 26, a Benedita juntou-se para a recolha de bens essenciais para a população ucraniana. O resultado verificou-se na manhã seguinte, duas carrinhas com mantimentos seguiam para a fronteira da Polónia. A comunidade ucraniana na Benedita começou a organizar a recolha dos bens essenciais, e os beneditenses juntaram-se à causa. Produtos alimentares, como enlatados, bolachas, arroz e leite, foram as principais doações. No entanto, também, foram recolhidos produtos de higiene, roupa e medicamentos, “o mais difícil de comprar”, assume Helena Vinagre, uma das doadoras, a’O ALCOA, uma vez que, para grande parte dos medicamentos, é “preciso receita médica”.

Saiba mais na edição impressa e digital de 4 de março de 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found