Opinião

Banner_AfonsoLuis

Tiques à portuguesa

Há fenómenos modísticos de linguagem e de outras naturezas que se manifestam ciclicamente na nossa sociedade. Alguns desses fenómenos esfumam-se com rapidez, outros perduram no tempo. Um exemplo atual de um fenómeno linguístico que decerto não vai durar muito: comentadores televisivos, sobretudo no campo desportivo, “descobriram” que todos os substantivos são, ou deveriam ser, do género feminino. Assim, é ouvi-los dizer que “o… a Benfica vai defrontar o… a dragão” e que “o… a Sporting venceu o… a Paços de Ferreira”. É de facto uma tortura ouvi-los constantemente a dizer “o… a…” Outro exemplo, este de outra natureza e que tem perdurado no tempo, é a tendência de muitas pessoas do Porto assumirem uma inexplicável atitude de confronto (complexos?) em relação a Lisboa, sustentando que a capital do norte é sistematicamente preterida e até prejudicada pelas decisões tomadas pelo poder central que, como se sabe, está em Lisboa. Este é um tique que vem de longe e que assumiu nos últimos anos particular evidência, a começar no presidente do Futebol Clube do Porto (em Lisboa vivem os mouros) e na maioria dos autarcas da cidade. De tal forma se agudizou este pseudo-antagonismo, que se chega à palermice de não se apontar Lisboa contra o Porto, mas sim o Sul contra o Norte. Lembro-me de ouvir, há muitos anos, na minha profissão, queixas sobre as sedes dos Bancos, alegando que apenas um Banco tinha a sua sede no Porto e todos os outros se encontravam sediados em Lisboa. Na altura, dei-me ao trabalho de verificar o que se passava na Europa, e notei que a maioria dos estabelecimentos bancários tinham sede na capital dos respetivos países. Pois é, a capital deste país é mesmo Lisboa, por muito que custe…
Vem isto também a propósito do que se passou recentemente com a Agência Europeia do Medicamento, e com a candidatura do Porto. Como se sabe, aquela Agência foi para a Holanda e… justamente para a capital, Amesterdão. E o governo português resolveu, sem mais nem menos, mudar a sede do Infarmed de Lisboa para o Porto. Uma cedência pateta, sem sentido, só para acalmar frustrações, despeitos e complexos de algumas pessoas.

Outras notícias em Opinião

  • Editorial. Extraordinários

    Neste 2020, em cada edição, uma pessoa extraordinária em algum aspeto da sua vida, com ligação à nossa região. Há mais de duas décadas, trabalhava…

  • Michael Nnadi: 18 anos

    Nos anos 90, conheci dois padres do Ruanda. Um não tinha notícias da família há muito tempo, outro acabava de saber que todas as pessoas…

  • Aquilo que é

    Aquilo que é a língua portuguesa deixa-nos às vezes confundidos com aquilo que é a forma de falar de uns tantos. Modas… Começa nos meios…

  • Extraordinários

    Neste 2020, em cada edição, uma pessoa extraordinária em algum aspeto da sua vida, com ligação à nossa região. Em vésperas do Dia dos Namorados,…

  • Jesus a espreguiçar-Se

    Quando o Papa fez 83 anos (17 de dezembro passado), ofereceram-lhe uma estampa que sintetiza o seu programa pastoral: a santidade “della porta accanto”, a…

  • Valores Sociais

    A doutrina social da Igreja (DSI) tem como orientações básicas seis princípios e quatro valores: os princípios, abordados nos artigos anteriores, são a dignidade humana,…

  • Seitas e Movimentos Religiosos

    Que as seitas são altamente prejudiciais à sociedade, todos reconhecem. Muitas pessoas, sobretudo entre os jovens, têm sido captadas por redes sectárias. Pensam, ingenuamente, que…

  • Um conto de Natal | As dúvidas de Renato

    Renato frequentava um curso superior, na cidade. Os pais viviam na aldeia. Eram crentes. Renato nem por isso. As aulas na Faculdade e a vida…

  • Princípios sociais, numa visão de conjunto

    Nos últimos artigos, foram apresentados os seis princípios da doutrina social da Igreja consagrados no respetivo Compêndio de 2004: dignidade humana; bem comum; destino universal…

  • A carta de Greccio

    S. Francisco de Assis foi pela primeira vez a Greccio por volta de 1209, numa altura em que a pequena cidade sofria o ataque de…