Turquel. Encontrados vestígios do urso fóssil mais completo de Portugal

Foi em Turquel que teve lugar a extração de ossadas com milhares de anos de um urso pardo adulto, o mais completo urso fóssil existente em Portugal.

Um grupo de investigadores da Universidade Nova de Lisboa esteve, a 6 de novembro, no Algar do Vale da Pena, também conhecido como Algar dos Ursos (o seu nome deve-se aos próprios achados). O grupo era acompanhado por espeleólogos do Grupo de Proteção Sicó, para a retirada das ossadas, que estavam envoltas numa rocha, com cerca de 170 quilos. Os ossos do urso pardo estavam em bom estado de conservação, nomeadamente o crânio e os dentes.
A “gruta era de difícil acesso, por isso tivemos de usar técnicas mais avançadas, como o sistema de cordas”, explicou Octávio Mateus, responsável pela investigação, a’O ALCOA.

No interior do Algar do Vale da Pena, os paleontólogos fizeram outras descobertas. Os investigadores aperceberam-se de que a gruta foi “usada por várias gerações de ursos, talvez por dezenas ou até centenas destes animais”, esclarece o investigador, uma vez que no local havia várias “pegadas e marcas de garras de cinco ursos”.

Saiba mais na edição impressa e digital de 9 de dezembro de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found