Atual

Valado. Servas de Nossa Senhora deixam vila ao fim de 70 anos

DSCN5878- A PLACA

“Muita saudade e um grande agradecimento”: é desta forma que Ana Condinho, de Valado dos Frades, exprimiu a’O ALCOA o seu sentir relativo à partida das irmãs da Congregação das Servas de Nossa Senhora de Fátima, no final de outubro. As religiosas deixam de prestar apoio na paróquia e na comunidade, mantendo-se a sua participação no Centro Social de Valado dos Frades, segundo informou a congregação. O facto foi justificado pela falta de religiosas que permitissem a sua continuidade. A instituição informou ainda que a sua presença na Benedita permanece como até aqui e que esta situação diz respeito apenas a Valado dos Frades.
A 29 de outubro, realizou-se no centro social uma festa de despedida. Numa homenagem de agradecimento às irmãs, foi descerrada uma placa evocativa dos 70 anos da sua presença no Valado e ouviram-se palavras de agradecimento e testemunhos de todos os que com elas conviveram durante sete décadas. Entre as quais, Ana Condinho, membro ativo da comunidade e da paróquia da vila, que nestes 70 anos conheceu todas as irmãs que passaram pela terra, desde o início.

(Saiba mais na edição em papel e digital de 16 de novembro de 2017)

Outras notícias em Atual