Atual

Aljubarrota. Vila “vive” tempos medievais

aljubarrota medieval 2019

De 10 a 14 de agosto, Aljubarrota «vive» tempos medievais. Evocando a gloriosa Batalha de Aljubarrota, ocorrida a 14 de agosto de 1385, em “Aljubarrota Medieval” é recriado o ambiente da época.
Durante estes dias, provam-se o afamado pão da padeira, os queijos, os enchidos, as carnes de caça, os licores, os doces, o mel, as compotas e tantas outras iguarias.
Recriam-se ofícios antigos, como a olaria, a tecelagem e os bordados. Brinda-se e saboreiam-se bons repastos nas tavernas, apreciam-se os cortejos, os torneios a pé e a cavalo, as mostras de armas e o acampamento militar.
Por todo o evento, evocam-se personagens marcantes da época, como a lendária Padeira de Aljubarrota, a quem é atribuído o feito de, com a pá do seu ofício, ter aniquilado um grupo de sete castelhanos famintos; D. Nuno Álvares Pereira, o Santo Condestável, responsável pela consolidação do trono de Avis, preparando as melhores defesas contra o invasor de Castela; D João I, o Mestre de Avis, que após a vitória na Batalha pode consolidar a sua coroa e manter Portugal independente; e D. Martim Aires de Ornelas, comandante das tropas enviadas pelo Mosteiro de Alcobaça. É precisamente a recriação histórica da Batalha de Aljubarrota, que manteve a independência de Portugal, um dos momentos altos deste evento, que leva anualmente milhares de pessoas a esta vila do concelho de Alcobaça.
Apanhe boleia nesta máquina do tempo, com paragem obrigatória em Aljubarrota.

Outras notícias em Atual