Opinião

Banner_CarlosBonifacio

Apontamentos políticos

Temporal
O temporal que se abateu no país no fim-de semana de 9 de fevereiro foi um facto excecional e que prova mais uma vez que a natureza é sempre mais forte que a tecnologia, mas as falhas de energia elétrica no Concelho têm sido regulares e no caso da cidade de Alcobaça têm sido constantes. Basta apenas uma chuvada intensa ou uma rajada de vento. Desde 2008, quando ardeu a subestação de Alcobaça e apesar dos investimentos nada ficou como antes e as falhas de energia vão-se sucedendo. Propus em reunião de Câmara o envio de uma exposição exigindo à EDP uma intervenção para a resolução dos problemas no abastecimento na cidade de Alcobaça que passará pela construção de uma nova subestação e de investimentos efetivos no Concelho (houve populações em várias freguesias que tiveram mais de 14 H sem eletricidade). Inadmissível…

O Novo Quadro Comunitário
O Quadro Comunitário 2014/2020 é decisivo para qualquer autarquia. Na reunião de Câmara alertei para a urgência de um plano de ação e de definição de prioridades para o Concelho de Alcobaça, que até ao momento não foi feito. Neste quadro comunitário vai privilegiar-se a competitividade do setor privado. Não existem perspetivas de apoio para novos centros escolares, a confirmar-se este facto, as consequências são evidentes para o Concelho. Os projetados centros escolares de Pataias, Alfeizerão e Turquel, podem ficar sem qualquer financiamento. Este facto torna-se mais grave porque a Câmara no mandato anterior desistiu das candidaturas que já tinham sido aprovadas. As preocupações centram-se também na indefinição nos apoios às novas (ALE (s) – Áreas de localização Empresarial) o que também é crucial para a Benedita. Na realidade há o risco de Alcobaça não concretizar estes projetos. O sentido de oportunidade na política é algo precioso e faz toda a diferença. A falta de aproveitamento dos fundos no quadro comunitário anterior pode ter um resultado desastroso para o Concelho… Vamos aguardar uma melhor clarificação, pensado positivo e acreditando que ainda tudo se vai resolver…

Comentários (1)

  • Manuel Timóteo Matos - 4 de Abril de 2014, 16:56

    É um alerta que deixa muita apreensão. Será que a inércia do Executivo provocará a perda de apoio comunitário? Esta situação seria demasiado grave, a concretizar-se. O que faz o Executivo? O que fazem os vários responsáveis pelos departamentos? O que que fazem estes com 3 centenas e meia de funcionários de apoio? Porque o Executivo, no mandato anterior, desistiu de apoios?

Outras notícias em Opinião

  • Editorial. Extraordinários

    Neste 2020, em cada edição, uma pessoa extraordinária em algum aspeto da sua vida, com ligação à nossa região. Há mais de duas décadas, trabalhava…

  • Michael Nnadi: 18 anos

    Nos anos 90, conheci dois padres do Ruanda. Um não tinha notícias da família há muito tempo, outro acabava de saber que todas as pessoas…

  • Aquilo que é

    Aquilo que é a língua portuguesa deixa-nos às vezes confundidos com aquilo que é a forma de falar de uns tantos. Modas… Começa nos meios…

  • Extraordinários

    Neste 2020, em cada edição, uma pessoa extraordinária em algum aspeto da sua vida, com ligação à nossa região. Em vésperas do Dia dos Namorados,…

  • Jesus a espreguiçar-Se

    Quando o Papa fez 83 anos (17 de dezembro passado), ofereceram-lhe uma estampa que sintetiza o seu programa pastoral: a santidade “della porta accanto”, a…

  • Valores Sociais

    A doutrina social da Igreja (DSI) tem como orientações básicas seis princípios e quatro valores: os princípios, abordados nos artigos anteriores, são a dignidade humana,…

  • Seitas e Movimentos Religiosos

    Que as seitas são altamente prejudiciais à sociedade, todos reconhecem. Muitas pessoas, sobretudo entre os jovens, têm sido captadas por redes sectárias. Pensam, ingenuamente, que…

  • Um conto de Natal | As dúvidas de Renato

    Renato frequentava um curso superior, na cidade. Os pais viviam na aldeia. Eram crentes. Renato nem por isso. As aulas na Faculdade e a vida…

  • Princípios sociais, numa visão de conjunto

    Nos últimos artigos, foram apresentados os seis princípios da doutrina social da Igreja consagrados no respetivo Compêndio de 2004: dignidade humana; bem comum; destino universal…

  • A carta de Greccio

    S. Francisco de Assis foi pela primeira vez a Greccio por volta de 1209, numa altura em que a pequena cidade sofria o ataque de…