Artes de rua. “A Feira envolveu artistas locais para dar a conhecer uma diferente Alcobaça”

Foto por Patrícia Poção

Cada espetáculo “A Feira” é único. Pelas cidades que passa, o Radar 360.º traz artes de rua contemporânea. No rossio de Alcobaça, a 30 de abril, os Amigos das Letras, o Teatro da Transformação, o historiador Jorge Pereira de Sampaio, Vespas da Maravilha, a Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Cister e a Associação de Defesa e Valorização do Património Cultural da Região de Alcobaça (ADEPA) participaram no espetáculo, com o intuito de ser “uma festividade, e de o público se sentir envolvido na viagem por territórios alcobacenses, desde os primórdios até aos dias de hoje “, assume Julieta Rodrigues, diretora artística do Radar 360.º, a’O ALCOA. Desta forma, foi trabalhado o “teatro, o ar mais lúdico, sobretudo das memórias das feiras populares, o trazer à cena pratos menos consagrados, criando uma linguagem diferente, o teatro gastronómico, a evolução arquitetónica e demográfica de Alcobaça”, destaca a diretora artística. No final da peça, existe uma «cápsula do tempo», onde “convidamos as entidades envolvidas a montar uma exposição de objetos especiais”. Aqui, a ADEPA decidiu “colocar objetos nunca antes expostos, e é esse o verdadeiro objetivo da cápsula do tempo: trazer objetos mais escondidos”.

Saiba mais na edição impressa e digital de 12 de maio de 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found