Benedita. Livro de memórias e histórias da Quinta da Serra visa defender património

Catarina Reis
Jornalista

“Aprender com o passado de forma a preparar o futuro”. O beneditense Fernando Maurício resume assim a importância da obra “Quinta da Serra – breves apontamentos”, da Associação Terra Mágica das Lendas. Lançado a 29 de janeiro, o livro conta a história e partilha memórias, através de testemunhos orais, com relato de episódios, histórias, tradições e lendas associadas à quinta.

O livro surge após o início das obras da Zona Empresarial Responsável da Benedita, quando a associação denunciou que o que restava do edificado, como o lagar, com placa datada de 1730, a chavanca ou a eira, estava em risco de desaparecer, como aconteceu à capela do século XVIII. A notícia despontou um movimento de defesa do património da Benedita.

Conforme expressou Lúcia Serralheiro, presidente da Terra Mágica das Lendas, “nunca fomos nem podíamos ser contra as obras, mas uma terra como a Benedita que vai fazer 500 anos, que teve um património, uma vida e uma história interessante que ainda estamos para descobrir, importa preservar”. A responsável acrescenta que “isto é um livro de memórias e de histórias orais de coisas que nos contaram e há ainda muito a fazer e descobrir”.

FOTO: Jorge Ferreira

Saiba mais na edição impressa e digital de 3 de fevereiro de 2022.

Catarina Reis
Jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found