Atual

Burinhosa. Absolvida mulher acusada pelo incêndio no Pinhal de Leiria

incêndios rui rodrigues burinhosa

Foi absolvida pelo Tribunal de Alcobaça, ontem, dia 4 de outubro, a mulher acusada de ter sido autora de uma queimada que terá contribuído para os incêndios de 15 de outubro de 2017, no Pinhal de Leiria.

O tribunal considerou não ter ficado provado, ter sido a arguida a atear uma queimada na Burinhosa, concelho de Alcobaça e a originar um incêndio, no seu quintal, cujo reacendimento teria contribuído para os incêndios do Pinhal de Leiria.

A mulher de 68 anos era a única arguida identificada no processo destes incêndios: um outro reacendimento de um fogo posto também terá contribuído para o deflagrar destas chamas, embora tenha sido impossível para a PJ descobrir qual o autor ou autores deste último acontecimento. Segundo o despacho de acusação, o incêndio na Mata Nacional de Leiria terá resultado destes dois.

Outras notícias em Atual