CDU denuncia valor a pagar por água que não se consome

Em comunicado, a CDU afirma que “uma adenda à dívida dos Serviços Municipalizados de Alcobaça de mais 1,8 milhões de euros foi levada a reunião de câmara a 8 de junho”.
“É uma dívida de água que não se consumiu em poucos meses de 2015 e é bom lembrar que a empresa Águas do Oeste assinalava que Alcobaça devia 9,2 milhões de euros, no final de 2014”, sublinha Vanda Marques, vereadora da Câmara Municipal de Alcobaça pela CDU. “Lutamos para que não se pague água que não se consome”, adianta a vereadora, para quem “a Águas do Oeste é um sorvedouro de recursos municipais de Alcobaça”.

(Saiba mais na edição em papel de 9 de julho de 2015)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found