Cultura

Conferência. Actas do Congresso Internacional de Virgínia Victorino em Lisboa

Congresso viriginia victorino

O Museu Nacional de Arte Contemporânea, em Lisboa, acolheu, a 6 de novembro, o lançamento do livro “Actas do Congresso Internacional Virgínia Victorino – Na Cena do Tempo”, organizado pela Associação de Defesa e Valorização do Património Cultural da Região de Alcobaça (ADEPA), em setembro de 2018.
A diretora do museu, Emília Ferreira, justificou ser aquele um lugar simbólico da apresentação deste livro, dadas as relações de Virgínia Victorino com a maioria dos artistas da sua época, que a retrataram ou que ilustraram os seus livros ou poemas.
A diretora da RTP2, Teresa Paixão, falou na injustiça que faz com que tantas destas mulheres que tiveram importantes papéis no seu tempo, sejam muitas vezes silenciadas. O presidente da ADEPA, Luis Peres Pereira, anunciou a criação dum segundo congresso que leve o nome de Virgínia Victorino ligado às questões do género, contemplando a Mulher nas Letras, nas Artes, nas Ciências e na Política, tendo convidado publicamente a Ministra da Cultura – que presidiu à sessão – a ligar-se a esse projeto, a ter lugar em Alcobaça no próximo ano.
Jorge Pereira de Sampaio, coordenador científico do congresso, falou na pertinência e justiça de Virgínia Victorino ser de novo colocada no mapa cultural nacional.

Outras notícias em Cultura